Breno Queiroga descarta privatização da CAERN, mas diz que abrirá espaço para iniciativa privada explorar serviços de saneamento

Em entrevista ao Panorama 95 (Rural FM) desta quinta-feira (12), o pré-candidato do Solidariedade ao Governo do RN, Breno Queiroga deixou claro que não passa pelo Plano de Governo dele, privatizar a Companhia de Águas e Esgotos do RN (CAERN). Porém, disse que uma das metas da Gestão Breno Queiroga, caso vença as eleições, será abrir espaço para a iniciativa privada investir em saneamento no Estado do Rio Grande do Norte, especialmente na área de esgotamento sanitário.

Eu não vejo a privatização da Caern como uma solução, vejo que a modernização da Caern é algo importantíssimo”, garantiu. No decorrer da entrevista, Breno explicou com mais detalhes sobre sua proposta de facilitar a exploração pela iniciativa privada, de espaços na área da CAERN.

Ela não deixa de ser uma concorrência para a Caern, mas ela vai prestar serviço para a Caern. Agora ela passa a ser grande para regularizar essa prestação de serviço das empresas privadas, que com o nosso Plano de Governo vai investir, hoje nós temos mais de 70% das cidades potiguares sem saneamento básico, sem esgotamento sanitário, e existe uma viabilidade para empresas privadas investirem e explorarem num espaço de 10 ou 20 anos. Não é que ela vá competir com a Caern, ela vai explorar um serviço que a Caern não está conseguindo. A Caern também tem uma função importante que é gerar um banco de projetos estruturantes. Existem recursos em Brasília para saneamento, mas infelizmente os municípios não tem projetos para trazer esses recursos, e a Caern tem um quadro técnico qualificado, que tem feito isso, só que de uma maneira pequena, mas pode fazer muito mais”, explicou Breno.

Confira a entrevista