Brasil terá que capacitar 10,5 milhões de trabalhadores para a indústria até 2023, aponta levantamento do SENAI

Levantamento do SENAI, divulgado nesta segunda-feira (12), projeta que o país terá de qualificar 10,5 milhões de trabalhadores em ocupações industriais de níveis superior, técnico, qualificação profissional e aperfeiçoamento até 2023.

As vagas na indústria e também em outros setores vão demandar formação de profissionais nas áreas transversais (1,7 milhão), metalmecânica (1,6 milhão), construção (1,3 milhão), logística e transporte (1,2 milhão), alimentos (754 mil), informática (528 mil), eletroeletrônica (405 mil) e energia e telecomunicações (359 mil).

Os profissionais com qualificação transversal são aqueles que trabalham em qualquer segmento, como profissionais de pesquisa e desenvolvimento, técnicos de controle da produção e desenhistas industriais. Os dados são da pesquisa Mapa do Trabalho Industrial 2019-2023.