Brasil melhora em ranking de Oxford sobre medidas contra coronavírus

O Brasil melhorou de posição na última semana em ranking da Universidade de Oxford (Reino Unido) que acompanha medidas de redução de riscos na crise do coronavírus. A informação é da Folha de S. Paulo.

Em um índice que vai de 0 a 100, o Brasil tem 76 pontos, contra 36 na semana passada. A universidade atribui pontos a 11 tipos de medidas: 6 de distanciamento social, 2 de alívio a perdas econômicas, 2 de saúde e 1 de comunicação. Segundo o coordenador do trabalho, Thomas Hale, o objetivo é comparar o grau de rigor das reações dos países, mas sem atribuir valor a cada resultado.

Homem anda por ponte de Praga, na República Tcheca, país que reduziu atividades em meio à pandemia – Michal Cizek/AFP