Boric, presidente do Chile, anuncia separação da namorada, a cientista social Irina Karamanos

Presidente do Chile, Gabriel Boric anuncia separação da esposa
Presidente do Chile, Gabriel Boric anuncia separação da esposa — Foto: Instagram (@gabrielboric)

O presidente do Chile, Gabriel Boric, anunciou nesta quinta-feira ter se separado da cientista social Irina Karamanos, com quem estava junto havia cinco anos. Em um longo texto publicado no Instagram, o mandatário chileno não poupou adjetivos para a agora ex-namorada, descrevendo-a como “extraordinária em todas as dimensões em que se pode compreender uma pessoa”. Apesar do divórcio, na mensagem ele afirma continuar a admirando “infinitamente”.

O relacionamento termina, segundo a publicação, por “visões diferentes sobre o futuro íntimo”, indicando que pretendem manter os laços de amizade:

“Há algumas semanas, decidimos separar nossos caminhos no que diz respeito ao nosso relacionamento romântico devido a visões diferentes sobre o futuro íntimo. No entanto, decidimos (ou melhor, sabemos) que continuaremos sendo companheiros para sempre”, diz Boric

Em sua postagem, Boric também dá recados para as pessoas que classificou como “apostadores de possíveis desgraças”, afirmando que a decisão de separar não se deve a nenhuma outra relação:

“Nenhum de nós tem outros parceiros, e tudo foi discutido detalhadamente como duas pessoas que viveram juntas os anos mais intensos de suas vidas. Nos amamos infinitamente e continuaremos nos amando”, afirma, acrescentando: “Sabemos que nos próximos dias as especulações estarão à ordem do dia, e embora tivéssemos preferido viver esse processo em privado, ambos entendemos que é melhor contar essa história por nós mesmos e deixar que aqueles que gostam de inventar ou projetar em outros seus desejos inconfessos fiquem apenas com seu próprio eco”.

Leia o texto abaixo na íntegra:

Irina é uma mulher extraordinária em todas as dimensões em que se pode compreender uma pessoa. Com uma curiosidade infinita pelos mistérios da vida, ela tem uma vontade imensa de vivê-la. Generosa como ninguém, seja tendo pouco ou muito, ela sempre compartilhará, pois sua compreensão das relações se baseia na empatia mais profunda, que faz sentido quando nos vemos como seres dignos do mesmo respeito. Inteligente, perspicaz, com uma imaginação transbordante e tremendamente dedicada às tarefas que se propõe. Eu a admiro infinitamente.

Fomos companheiros de vida por quase 5 anos. Compartilhamos a cumplicidade de um projeto coletivo que nos levou, juntamente com tantos outros colegas, a desafios inesperados, sempre enfrentados com o melhor de nós. Compartilhamos também o carinho e o amor nos momentos doces, mas principalmente nos difíceis, quando parecia mais fácil desistir porque as forças não eram suficientes. No entanto, ela sempre teve forças que vinham de uma história mais longa, que por sua vez me impulsionaram a continuar.

Há algumas semanas, decidimos separar nossos caminhos no que diz respeito ao nosso relacionamento romântico devido a visões diferentes sobre o futuro íntimo. No entanto, decidimos (ou melhor, sabemos) que continuaremos sendo companheiros para sempre.

Pessoalmente, sou uma pessoa com virtudes e defeitos, como todos. Às vezes, o futuro pessoal se enchia de tempestades nas quais ela sempre foi um farol para evitar o encalhe. Não tenho absolutamente nada a reprovar a ela.

Para os apostadores de possíveis desgraças alheias, gostaria de informar que estamos bem, que nenhum de nós tem outros parceiros e tudo foi discutido detalhadamente como duas pessoas que viveram juntas os anos mais intensos de suas vidas. Nos amamos infinitamente e continuaremos nos amando. Sabemos que nos próximos dias as especulações estarão à ordem do dia, e embora tivéssemos preferido viver esse processo em privado, ambos entendemos que é melhor contar essa história por nós mesmos e deixar que aqueles que gostam de inventar ou projetar em outros seus desejos inconfessos fiquem apenas com seu próprio eco.

Aqueles que compreendem, pedimos respeito e compreensão. Esses processos sempre são difíceis, mesmo quando são orientados pelo infinito carinho que temos um pelo outro neste caso.

Irina enfrenta novos desafios hoje, que ela compartilhará se assim desejar. Quanto a mim, continuarei 100% dedicado à tarefa de governar este país maravilhoso, com seus problemas, angústias, esperanças e desafios, que não são poucos. Vou enfrentar com firmeza e sem trégua o crime e o narcotráfico, recuperar a educação pública e melhorar a saúde, criar novos empregos dignos e continuar reduzindo a inflação, zelar pela infância em todas as suas dimensões, cuidar da natureza e do nosso ecossistema, promover o esporte e a cultura que nos fazem tão bem como sociedade, fazer a economia crescer e distribuir mais equitativamente as riquezas que todos nós geramos, impulsionar a inclusão e acabar com a discriminação injusta, levar adiante a reforma das pensões para nossos idosos que trabalharam a vida toda, e tantas outras tarefas.

Não tenham dúvidas de que toda a minha energia está focada em construir juntos um Chile justo, seguro, amável e solidário que nos encha de orgulho patriótico. Continuamos!

Fonte: O Globo

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.