Bolsonaro anuncia que Ministério do Trabalho será incorporado à outra pasta

O presidente eleito Jair Bolsonaro afirmou, nesta quarta-feira (7), que o Ministério do Trabalho deve ser extinto e incorporado à outra pasta, mas não deu não mais detalhes de como isso aconteceria.

A declaração foi dada pelo militar após um almoço, em Brasília, com o presidente do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), João Otávio de Noronha. O juiz Sérgio Moro, futuro ministro da Justiça, também estava presente no encontro.

Perguntado sobre quantos ministérios pretende ter em seu governo, Bolsonaro disse que “talvez 17”, em alusão ao número que o caracterizou na campanha eleitoral. Em nota divulgada nesta terça (6), o Ministério do Trabalho já havia mostrado preocupação com as intenções de Jair Bolsonaro e afirmou que a pasta é “seguramente capaz de coordenar as forças produtivas”. O texto aponta ainda que o trabalho da pasta é “buscar o pleno emprego e a melhoria da qualidade de vida dos brasileiros”.