Barragem da Vale em Mariana é interditada e 300 pessoas podem ser evacuadas

Três estruturas da Vale foram interditadas por problemas de estabilidade

 -  (crédito: Google Maps/Reprodução)

A Agência Nacional de Mineração (ANM) determinou a interdição de três Pilhas de Estéril (PDE) da Mina de Fábrica Nova, em Mariana (MG), na Região Central de Minas Gerais, após a Vale não comprovar a estabilidade das estruturas. A ANM e a Defesa Civil Estadual farão uma vistoria nesta segunda-feira (13/11) e cerca de 300 pessoas podem ser evacuadas de Santa Rita Durão, distrito de Mariana, caso o risco seja comprovado.

Em nota, a Vale informou que foram interditadas as atividades de disposição de estéril nas pilhas PDE Permanente I, PDE Permanente II e PDE União Vertente Santa Rita, que estão localizadas acima de uma barragem de rejeitos. Sobre a evacuação de moradores da região, no entanto, a mineradora afirma não ter informações até o momento.

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) foi notificado e encaminhou uma equipe técnica do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Defesa do Meio Ambiente (Caoma) para acompanhar a vistoria juntamente com a equipe da ANM.

Confira o posicionamento da Vale na íntegra:

“A Vale informa que, na última sexta-feira (10/11), a Agência Nacional de Mineração interditou, preventivamente, as atividades de disposição de estéril nas pilhas PDE Permanente I, PDE Permanente II e PDE União Vertente Santa Rita, da mina Fábrica Nova, em Mariana. A empresa acompanha vistoria da ANM e Defesa Civil, nesta segunda-feira, para os esclarecimentos necessários sobre as condições de estabilidade das estruturas, que permanecem inalteradas. Importante reforçar que as estruturas geotécnicas da companhia são vistoriadas frequentemente pela agência reguladora e monitoradas permanentemente por equipe técnica especializada. Não houve remoção da população até o momento e não temos a informação de que isso acontecerá.”

Confira o posicionamento da ANM:

Na última sexta-feira (10), a Agência Nacional de Mineração (ANM) interditou e suspendeu de imediato as atividades de disposição de estéril em pilhas da Mina de Fábrica Nova, da Vale, no município de Mariana (MG), por não comprovação da estabilidade das estruturas. As pilhas interditadas são a PDE Permanente I, PDE Permanente II e PDE União Vertente Santa Rita.

Nesta semana, equipe da ANM, em parceria com a Defesa Civil, está realizando vistoria no local para definir a linha de ação que deve ser adotada pela empresa. Assim que for apresentado laudo atestando a estabilidade das estruturas, a ANM decidirá sobre a manutenção ou não da intervenção.

A Defesa Civil Estadual ainda não se pronunciou.

Saiba Mais


  • Flipar
    População encolhe e Japão vive polêmica: Aceita ou não imigrantes?


  • Esportes
    Lesão de Lucas Silva confirmda; ele não tem previsão de volta


  • Esportes
    Fluminense anuncia a saída do técnico Ricardo Resende, do Sub-20


  • Cidades DF
    DF tem o dia mais quente do ano, mas com chuva em Ceilândia e Samambaia


  • Brasil
    Polícia procura diarista suspeita de jogar água fervente no rosto de filho


Fonte: Correio Braziliense