Balança comercial tem superavit recorde de US$ 8,8 bi em novembro

Porto de Santos
O saldo da balança comercial é o resultado das exportações menos as importações

A balança comercial brasileira registrou superavit recorde de US$ 8,8 bilhões em novembro de 2023. O saldo é 41,5% maior que o alcançado no mesmo mês em 2022, quando foi de US$ 6,2 bilhões. 

O resultado da balança comercial foi divulgado nesta 6ª feira (1º.dez.2023) pela Secretaria de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços. Eis a íntegra da apresentação (4 MB).

O superavit comercial se dá quando as exportações superam as importações do país. O saldo obtido no mês está levemente abaixo da mediana do mercado financeiro, que indicava US$ 9 bilhões, conforme apurou o Poder360.

As exportações atingiram US$ 27,8 bilhões em novembro, o que representa um crescimento de 0,6% (US$ 27,7 bilhões). Já as importações somaram US$ 19,0 bilhões –queda de 11,2% em relação ao mesmo mês em 2022 (US$ 21,5 bilhões).

Eis a variação em valor por dia útil das exportações por setores da atividade econômicas:

A soja teve uma alta de 76% no valor negociado, saindo de US$ 1,5 bilhão para US$ 2,7 bilhões. O minério de ferro registrou alta de 27,5% no valor das exportações: passou de US$ 2,0 bilhões para US$ 2,6 bilhões.

Quando são consideras as importações por categorias econômicas, a variação por dia útil se deu desta forma:

O Brasil registrou superavit com os principais parceiros comerciais em novembro. Eis o resultado abaixo:

De janeiro a novembro, o superavit é de US$ 89,3 bilhões. O resultado representa um crescimento de 56% em relação a 2022.

Houve alta de 0,5% nas exportações, atingindo US$ 310,6 bilhões. Já as importações recuaram 12,1%, totalizando US$ 221,3 bilhões.

Eis o resultado com os principais parceiros comerciais no acumulado do ano:

Fonte: Poder360

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.