Argentina precisa de presidente que goste da democracia, diz Lula

Lula durante Conversa com Presidente
Lula afirmou que a Argentina é "muito importante" para o Brasil; citou aumento do fluxo comercial entre os países nos governos Lula 1 e Lula 2

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) falou nesta 3ª feira (14.nov.2023) sobre o 2º turno das eleições na Argentina, que será realizado no domingo (19.nov.2023). Para o petista, os argentinos precisam de um presidente que “goste da democracia”, em indireta ao candidato libertário Javier Milei (La Libertad Avanza), que chamou Lula de “corrupto” e se recusou a encontrá-lo caso seja eleito.

“É preciso ter um presidente que goste de democracia, que respeite as instituições, que goste do Mercosul, que goste da América do Sul”, disse Lula no programa “Conversa com Presidente”, transmitido pelas redes sociais.

Lula afirmou que Brasil e Argentina dependem um do outro no quesito de empregos e fluxo comercial. A fala vai de encontro com declarações de Milei, que também cogitou romper relações comerciais com o Brasil por considerar que o governo Lula seria “comunista”.

Em entrevistas, Milei também já disse que, se chegar à Casa Rosada, seus “aliados” serão os Estados Unidos, Israel e “o mundo livre”.

Lula não citou diretamente outro candidato à disputa da Casa Rosada, o peronista Sergio Massa (Unión por la Patria), durante a live “Conversa com o Presidente” nesta 3ª feira (14.nov). Marqueteiros ligados ao PT, partido do chefe do Executivo brasileiro, integram a campanha do peronista.

O presidente destacou que os argentinos são “soberanos” para escolher o presidente do país, mas pediu enfoque com o impacto dessa decisão para o futuro sul-americano. “Eu só queria pedir para o povo argentino na hora de votar, pense na Argentina. É soberano o voto de vocês, mas pense um pouco no tipo de América do Sul que você quer criar”, declarou.

Assista à live “Conversa com o presidente” (44min15):

Fonte: Poder360

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.