Após reunião com Bolsonaro, Decotelli diz: ‘sou ministro’

Após se reunir com o presidente Jair Bolsonaro nesta tarde, o ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli afirmou que continua no cargo. Em entrevista, Decotelli se defendeu das acusações de plágio e de informações falsas em seu currículo.

De acordo com ele, pode ter havido “distração” na hora de referenciar citações na sua dissertação de mestrado e todos os créditos de sua formação no doutorado foram cumpridos, o que ocorreu foi “detalhe operacional” em relação à legislação argentina. Ao ser questionado sobre sua permanência no MEC, Decotelli afirmou “sou ministro”.

Do Globo