Americanas divulgará balanço financeiro de 2022 na 2ª feira

Duas pessoas paradas na frente da fachada da loja das Americanas.
Fachada de loja da Americanas

A Americanas divulgará na 2ª feira (13.nov.2023) o balanço financeiro de 2022, depois de 11 meses do anúncio de inconsistências contábeis, em 11 de janeiro. O resultado financeiro será divulgado depois que a empresa entregou o plano de recuperação judicial.

A divulgação do balanço estava prevista para 31 de outubro deste ano, mas a Americanas adiou por ter recebido documentos que exigiam um período maior para análise.

A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que investigava as irregularidades da varejista votou o relatório final do deputado Carlos Chiodini (MDB-SC) sem indicar culpados. O parecer aprovado diz que a comissão não foi capaz de reunir provas suficientes para indicar um responsável civil ou administrativo pelas inconsistências contáveis.

Congressistas do Psol criticaram a tentativa da CPI de blindar empresários e acionistas. A CPI iniciou em 17 de maio e terminou em 26 de setembro. O ex-CEO da empresa Miguel Gutierrez não compareceu.

Em carta, ele criticou os acionistas de referências, Jorge Paulo Lemann, Alberto Sicupira e Marcel Telles, da 3G Capital.

A Americanas acusa Gutierrez por fraude na empresa. Ele deixou a empresa em dezembro de 2022. O executivo Sérgio Rial assumiu a empresa em janeiro e, em 9 dias, tornou pública a inconsistência contábil. Em depoimento na CPI, ele declarou que a descoberta dos problemas foi um “soco no estômago” e que ficou com o “ônus” de informar a situação da companhia ao país.

Fonte: Poder360

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.