Amazan lamenta proibição da festa de seu aniversário em praça Pública: “Que Deus nos proteja de tanta inveja”, desabafa

Através das redes sociais o prefeito de Jardim do Seridó, Amazan Silva lamentou a decisão da Justiça Eleitoral, que acatou representação feita pelo Ministério Público e suspendeu a festa em praça pública, que segundo ele seria para comemorar os seus 55 anos de vida. Já o MP entendeu que a festa seria uma forma “camuflada”, de realizar showmício para o candidato ao Governo de Amazan, Robinson Faria, cujo número de campanha é também 55.

“Quero aqui me solidarizar com todos os comerciantes que fizeram investimentos na esperança de ganhar um dinheirinho, vendendo seus produtos durante a festa que foi cancelada devido a uma denúncia de alguém que não mede as consequências de suas atitudes, mesmo que estas prejudiquem seus semelhantes. Fiquei de coração partido ao ver comerciantes, que já estavam se instalando hoje, desarmando suas barraquinhas e saindo desiludidos. Mas fazer o quê? Cada um dá o que tem pra dar. Que Deus nos proteja de tanta inveja”, escreveu Amazan.

Confira a entrevista