Advogados dos precatórios do Estado e de Natal devem atualizar dados bancários junto ao TRT-RN; veja como fazer

Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 21ª Região - Natal, RN — Foto: Divulgação/TRT
Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 21ª Região - Natal, RN — Foto: Divulgação/TRT

Os advogados dos 1.800 precatórios que tramitavam em papel e foram digitalizados no Processo Judicial Eletrônico de 2º Grau (PJe 2º Grau) devem atualizar seus dados bancários e de seus clientes junto ao Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN).

Para fazer a atualização, basta o advogado acessar o endereço eletrônico do PJe 2º Grau e cadastrar seus dados bancários e dos clientes que representa, com anexação de seu devido contrato de honorários. Dessa forma, o alvará liberando o pagamento, automaticamente o dinheiro vai para a conta indicada.

“A partir de agora, todos os pagamentos de precatórios e Requisições de Pequeno Valor (RPV) federais serão feitos por meio da emissão de alvarás eletrônicos. Portanto, torna-se imprescindível a indicação dos dados bancários para agilizar o procedimento e assegurar a liberação correta dos pagamentos”, explicou o desembargador Eridson Medeiros, presidente do TRT-RN.

Dos 1.800 processos digitalizados, grande parte é de precatórios do Estado do Rio Grande do Norte referente aos anos de 2017 a 2022 e do Município de Natal, relativos aos anos de 2018 a 2022.

Fonte: G1 RN

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.