Vaticano diz que confia plenamente na segurança durante a JMJ no Rio


De acordo com o Jornal do Brasil, o porta-voz do Vaticano padre Federico Lombardi negou, em entrevista coletiva, que será modificado o roteiro do papa Francisco durante a Jornada Mundial da Juventude. Lombardi disse que o Vaticano acompanha os protestos no Brasil e observou que as manifestações não são contra o papa nem contra sua visita ao país.

O porta-voz destacou que o Vaticano tem “confiança total” no esquema de segurança organizado para Francisco. O papa chega ao Brasil na próxima segunda-feira (22) e retorna no dia 28, segundo Lombardi.