Três empresas querem gerir cadeia de Ceará Mirim


Wallber Virgolino

Três empresas manifestaram interesse ao Governo do Estado em participar da gestão da Cadeia Pública de Ceará-Mirim, prevista para ser entregue em dezembro deste ano. A informação foi confirmada na terça-feira (28) à equipe da TRIBUNA DO NORTE pelo titular da Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania (Sejuc), Wallber Virgolino da Silva Ferreira.

Segundo o secretário, o governo vem realizando uma série de estudos para averiguar se há viabilidade de gestão por meio de parceria público-privada (PPP) ou co-gestão. A Civiliza Gestão Prisional Integrada, do Estado do Ceará, é uma das empresas que sinalizou interesse na participação.