STJ abre novo inquérito contra Robinson Faria

Da Tribuna do Norte – O Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou a abertura, em decisão monocrática do ministro Raul Araújo, de um novo inquérito para apurar o suposto envolvimento do governador Robinson Faria (PSD)  em quatro delitos – usura, peculato, organização criminosa e lavagem de dinheiro, durante o exercício da presidência da Assembleia Legislativa entre 2006/2010. O inquérito foi pedido do Ministério Público Federal (MPF).

A decisão do ministro, publicada no “Diário da Justiça on line” do STJ de ontem, é um desdobramento da “Operação Canteiros”, deflagrada em agosto deste ano, que resultou em ação pena por suposta obstrução da justiça por parte do governador do Estado durante a Operação Damas de Espadas, que em agosto de 2015 investigou desvios de recursos na Assembleia Legislativa entre 2006 e 2015.