Segunda mais votada, Amanda Gurgel não se reelege em Natal devido ao quociente eleitoral; entenda


amandagurgel_09

Sensação nas eleições de 2012 após ter conquistado mais de 30 mil votos em Natal, a vereadora Amanda Gurgel (PSTU) não conseguiu se reeleger na capital potiguar no domingo (2), apesar de ter sido a segunda mais votada.

A candidata do PSTU obteve 8.002 votos, ficando atrás apenas de Raniere Barbosa (PDT), que teve pouco mais de 10.500. A ausência de Amanda entre os eleitos se justifica pela existência do quociente eleitoral.

Para que pudesse ser eleita, a vereadora tinha que ter alcançado mais de 12 mil votos. Para chegar a esse número, basta dividir os votos válidos (355.926) pelo número de cadeiras na Câmara (29).

Outros nomes também ficaram de fora da Câmara pelo quociente, são eles: Eduardo Machado (PPS), Dickson Nasser Jr. (PSDB), Ary Gomes (PDT), Dagô (DEM), Maurício Gurgel (PSOL), Lilico Bezerra (PSD), César de Adão Eridan (PR), Rochinha (PSD), Divaneide (PT) e George Câmara (PC do B).