RN garante verba para elaboração de Projetos de Sistemas Adutores no Seridó


whatsapp-image-2016-10-06-at-11-18-22

Detalhes de um acordo de cooperação, entre a Agência Nacional de Águas (ANA) e o Governo do Estado, através da Semarh, para elaboração de Projetos de Sistemas Adutores no Seridó foi tema de uma reunião, na manhã da última sexta-feira (30), entre o Secretário Mairton França, o Diretor de Gestão da ANA, Paulo Varela, técnicos da Semarh e da Agência.

A celebração do Convênio entre os órgãos vai permitir a contratação de uma empresa que vai elaborar estudos de viabilidade técnica, econômica e ambiental e projetos de adutoras, bem como suas interligações, que de acordo com o Secretário Estadual de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Mairton França, garantirão a segurança hídrica, pelos próximos 50 anos, da região do Seridó, com a chegada das águas do São Francisco na Barragem de Oiticica, depois de sua conclusão.

O valor total do convênio é de R$ 6,5 milhões. “Os recursos já estão garantidos no Programa de Desenvolvimento do Setor Água (Interáguas), da ANA, que deve nos repassar a primeira parcela, ainda esse ano” destaca Mairton. “Para que uma obra seja feita, o seu estudo precisa ser elaborado com bastante antecedência. Uma vez concluído ele facilita a captação de recursos para sua execução” disse ele.

A empresa a ser contratada vai estudar o Seridó e mapear a oferta de água atual e futura nos reservatórios e adutoras e, a partir daí vai projetar sistemas de abastecimento que atendam as demandas atuais e futuras, tanto para abastecimento humano como para o setor produtivo.

“Ações como esta vão ao encontro da ideia do Governador Robinson Faria, que é fazer um planejamento eficaz, na área de Recursos Hídricos, para benefício das futuras gerações. Robinson é sensível à necessidade de proporcionar segurança hídrica ao Seridó, região que é considerada uma das áreas mais inóspitas do semiárido brasileiro” disse o secretário.

O diretor da ANA Paulo Varela, explica que tanto o Plano Nacional de Recursos Hídricos, quanto o Plano de Gestão da Bacia Hidrográfica do Rio Piranhas-Açu, ambos elaborados pela ANA, indicam o Sistema Adutor do Seridó (complexo de adutoras que terão captação na Barragem de Oiticica, após sua conclusão) como a alternativa que reúne as melhores condições para garantir a segurança hídrica da região. “A realização desse projeto nasceu de um casamento de interesses do Governo do Estado e da ANA, no intuito de garantir uma fonte perene de água para a região atravessar, sem grandes transtornos, períodos de seca” frisou.