Reforma Política precisa do voto de pelo menos 308 para haver aprovação


Estavam para ser analisadas pelos deputados federais a mudança do atual sistema eleitoral, além da criação de mais um fundo público para financiar as campanhas. Inicialmente deputados planejavam alocar R$ 3,6 bilhões para esse fundo. Com a repercussão negativa, retirou-se o valor, que seria definido a cada eleição. Nova tentativa de votação pode ocorrer na próxima semana, mas vários deputados já dão como certo que nada ou muito poco será aprovado.

Como as alterações têm que ser aprovadas por Câmara e Senado até o início de outubro para valer nas próximas eleições, são grandes as chances de que elas sejam engavetadas. A sessão desta quarta-feira (13) foi encerrada já no início da madrugada de quinta-feira (14) após as principais siglas não conseguirem um acerto mínimo para colocar os temas em votação. Como as mudanças são constitucionais, é preciso o voto de pelo menos 308 dos 513 deputados (60% do total) para haver aprovação.