Reforma da Previdência:Tempo de contribuição pode cair


O presidente da Comissão Especial da Reforma da Previdência na Câmara dos Deputados, Carlos Marun (PMDB-MS), disse ontem que haverá mudança na exigência de que o trabalhador contribua por 49 anos para ter direito a receber o teto da aposentadoria.

Marun não detalhou qual será o tempo de contribuição necessário para que o trabalhador tenha direito de receber o benefício máximo.  De acordo com reportagem exibida ontem no Bom Dia Brasil, no entanto, o relator da proposta, Arthur Maia, vai alterar o tempo de contribuição para atingir a aposentadoria integral para 40 anos.

“Vai mudar a regra dos 49 anos, agora, não sei o detalhe de como será. Tudo que vi nas discussões que foram apresentadas sinaliza para uma regra que considero inteligente, mas não tenho detalhes. Que não vai ser 49 anos já está fechado”, disse Marun, em entrevista após participar de seminário sobre a reforma da Previdência. A previsão é que o relatório sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016, sobre a reforma da Previdência, seja apresentado nesta terça-feira (18) na comissão especial da Câmara.