Marcos Dantas

Prioridade para 2017 é concluir as obras já iniciadas na transposição das águas do São Francisco


wilson-rodrigues-integracao

Durante dois dias, a cidade de Santa Luzia (PB) sedia a 15º Reunião Ordinária do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Piancó-Piranhas-Açu. O evento teve início na tarde desta quarta, e será encerrado na quinta, dia 20. No primeiro dia do evento, o Ministério da Integração Nacional fez, através de Wilson Rodrigues de Melo Júnior, uma explanação de como se encontra as obras do Projeto de Transposição das Águas do Rio São Francisco,.

Wilson Rodrigues deixou claro que,  por falta de recursos orçamentários, não existe previsão de iniciar novas obras com relação a transposição, e a intenção é em 2017 dar continuidade as obras que já estão iniciadas. “O Eixo Norte está com 91% de obra concluídas, e o Leste 89,6%”, disse.

O Eixo Leste é o que se encontra com os serviços mais avançados, com previsão de ser concluído no final deste ano, mantendo o cronograma das obras. Já o Norte vai sofrer atraso, pela necessidade de nova licitação após uma das empresas contratadas abandonar a obra.

A conclusão do Eixo Norte permitirá com que as águas do São Francisco cheguem aos Estados da Paraíba e do Rio Grande do Norte, pelo Açude Engenheiros Ávidos, em Cajazeiras, e sendo transportada pelo Rio Piranhas. Para esta etapa, não existe uma previsão concreta.

Com relação a construção dos ramais Apodi e Piancó, que levarão água para as regiões do Alto Oeste e Oeste do Rio Grande do Norte e o Alto Piancó na Paraíba, os projetos encontram-se em fase de elaboração, necessitando de dotação orçamentária para licitação de sua execução.