Presidente do Sindicato Rural acusa governador de ter feito palanque eleitoral durante agenda oficial em Parelhas


Apesar de reconhecer a importância que o evento onde foram assinados vários convênios do RN Sustentável, nesta segunda-feira (10) em Parelhas, a presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Elizamar de Souza demonstrou sua insatisfação com o que classificou de “palanque armado”, durante o evento, e comandado pelo próprio governador Robinson Faria e seus aliados.

Os protagonistas da tarde, que eram as associações rurais, conselhos e sindicatos não tiveram sequer a oportunidade de dizer nada. Infelizmente hoje foi um palco eleitoral no sindicato, porque já se articulam para as eleições de 2018, e se queriam fazer palanque eleitoral o espaço não poderia ser esse”, destacou.

Elizamar também lamentou a falha do Governo em não ter chamado para a mesa, representantes dos beneficiários dos projetos. “Eu fui chamada, enquanto conselho, mas não nos deu oportunidade de dizer o que queria, porque estávamos na nossa casa”, explicou.

Outra falha apontada pela presidente do Sindicato no discurso do governador, foi quando ele citou o apoio que vem dando ao agronegócio do município. “Ele precisa entender que o alimento que vai para a mesa dos brasileiros é proveniente da agricultura familiar, e não do agronegócio. E o Governo infelizmente não enxerga essa potencialidade e não investe na agricultura familiar. O movimento sindicato de Parelhas vai resistir a tudo isso”, finalizou.