Marcos Dantas

Prefeito de São Fernando lamentou não ter sido convidado para discutir crise hídrica com o governador


Em suas redes sociais, o prefeito de São Fernando e presidente da Associação dos Municípios do Seridó, Genilson Maia lamentou não ter sido convidado para a audiência que o governador Robinson Faria fez, de emergência nesta tarde de terça (22) em Caicó. Na pauta, discussão da crise hídrica, e que afeta diretamente São Fernando, cidade administrada por Genilson.

Tem algumas coisas na vida que são absolutamente reprováveis. A atitude de Sua Excelência – o Governador Robson Faria – com relação a crise hídrica que se instalou nas quatro cidades do Seridó Ocidental abastecidas pela adutora Manoel Torres, pode ser classificada como um horror. Ora, Robson Faria veio a Caicó hoje, dia 22/11, fazer uma reunião com cinco ou seis pessoas somente de Caicó, sem sequer convidar os prefeitos dos outros municípios atingidos, quais sejam: Jardim de Piranhas, São Fernando e Timbaúba dos Batistas; tentando encontrar alternativas para atender as demandas da população. Governador, os outros municípios também se encontram em crise. A população que neles reside também é merecedora da atenção do mandatário do Estado. Ou não? Que absurdo é este? Isto é feio”, escreveu Genilson.