Marcos Dantas

Polícia Federal destrói plantação com 36 mil pés de maconha em Pernambuco


A plantação de maconha encontrada pela Polícia Federal no interior de Pernambuco renderia 12 toneladas do produto para venda. A partir de denúncias, agentes descobriram o cultivo no município de Pedra em uma operação realizada no último dia 20. O caso só foi divulgado nesta terça-feira pela corporação.

A estrutura do cultivo chamou a atenção dos policiais. Um sistema de irrigação captava água a uma distância de dois quilômetros, e abastecia pequenos açudes com a ajuda de bombas elétricas. Adubos químicos e outros aditivos agrícolas também eram usados.

Na operação foram presos em flagrante o dono da fazenda, que estava em casa, e um agricultor, detido na plantação. O fazendeiro já está solto e vai responder ao processo em liberdade. Outras pessoas estavam no local e fugiram com a aproximação dos policiais; três suspeitos já foram identificados e devem ser indiciados.

Ao fim da operação a PF cortou e incinerou todos os pés de maconhas. Foram destruídos também 120 quilos da substância que já estavam ensacados para distribuição. Caso sejam condenados, os acusados poderão pegar penas que variam de 5 a 15 anos de prisão.