Marcos Dantas

Papa Francisco recebe um grupo de presos em sua casa no Vaticano


fjdsfdsfsdfsafsdafsdd

O Papa Francisco recebeu no último domingo à tarde em sua residência na Casa Santa Marta um grupo de detentos do centro penitenciário Due Palazzi, de Pádua. O Santo Padre conversou com eles e escutou as suas inquietações em um gesto que mostra, mais uma vez, o compromisso especial e a preocupação do Papa Francisco para com as pessoas privadas de liberdade. O convite do Papa foi uma surpresa para os detidos presentes em Roma para participar do Jubileu dos Encarcerados, que terminou no último domingo com uma Missa na Basílica de São Pedro.

“No domingo à tarde, enquanto visitávamos algumas basílicas de Roma, recebemos uma ligação telefônica de um sacerdote, dizendo que o Papa Francisco nos convidava para visitá-lo no Vaticano. Pensei que era uma brincadeira”, contou a ‘InBlu Radio’, da Conferência Episcopal Italiana, o padre Marco Pozza, capelão penitenciário do cárcere Due Palazzi. Durante o encontro privado, Francisco desejou conhecer as circunstâncias pessoais de cada prisioneiro e a sua situação no cárcere.