Papa Francisco muda regras para canonização


O papa Francisco fez uma das mudanças mais significativas nos procedimentos de canonização da Igreja Católica em séculos, ao acrescentar uma nova categoria para consagrar pessoas que dedicam suas vidas a salvar outras.

Até agora o procedimento que poderia levar à canonização – conhecido como uma “causa” – se limitava a três categorias. A causa se inicia após a morte de uma pessoa.

A primeira é o martírio, quando a pessoa é morta por ódio à cristandade. A segunda é se a pessoa viveu uma vida cristã excepcionalmente virtuosa. A terceira, pouco usada, diz respeito a pessoas que tiveram reputação de santidade durante muitos anos após seu falecimento.

O Vaticano disse que o papa emitiu um decreto acrescentando uma quarta via. Ela se aplica a pessoas que viveram uma boa vida cristã e fizeram algo para salvar outros, sabendo que isso resultaria em morte certa e relativamente rápida.