Marcos Dantas

Papa Francisco canoniza primeiro santo argentino no Vaticano


O papa Francisco proclamou santo o sacerdote argentino José Gabriel del Rosario Brochero (1840-1914), conhecido como “o padre gaúcho”, durante uma cerimônia realizada neste domingo na Praça de São Pedro, no Vaticano. A cerimônia de canonização do primeiro santo que nasceu, viveu e morreu na Argentina foi acompanhada por milhares de argentinos, sobretudo de Córdoba, e por uma delegação oficial liderada pelo presidente Mauricio Macri, sua esposa e filhas, e a chanceler Susana Malcorra.

Durante a cerimônia, realizada diante de dezenas de milhares de fiéis também foram proclamados outros seis santos, o mexicano José Sánchez del Rio, assassinado aos 14 anos durante a revolta contra os chamados “cristeros”; o bispo espanhol Manuel González García; dois sacerdotes italianos, Lodovico Pavoni e Alfonso Maria Fusco; e dois religiosos franceses, Salomone Leclercq e Elisabetta Catez.