Marcos Dantas

Operação da PF investiga fraude envolvendo fiscais agropecuários e empresários


A Polícia Federal cumpre mais de 300 mandados judiciais, sendo 38 de prisão preventiva e temporária, 77 de condução coercitiva e 194 de busca e apreensão.

É a Operação Carne Fraca, que investiga fiscais agropecuários federais e empresários do agronegócio.  Segundo as investigações, durante dois anos, o grupo teria atuado nas superintendências regionais do Ministério da Pesca e Agricultura do Paraná, de Minas Gerais e de Goiás.

Eles recebiam propina para facilitar a produção de alimentos adulterados, emitindo certificados sanitários sem a efetiva fiscalização. Os frigoríficos operavam em desrespeito às leis.

Os mandados estão sendo cumpridos em São Paulo, Distrito Federal, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Goiás. São 1,1 mil policiais envolvidos.