Município de Caicó aciona Justiça e pede ilegalidade da greve dos Servidores

Através de sua Procuradoria-Jurídica o Município de Caicó entrou com uma Ação na Justiça na última semana, com pedido de reconhecimento da ilegalidade da Greve, deflagrada pelos servidores municipais desde a segunda-feira, dia 11 de setembro.

A expectativa é que a Liminar pedindo o retorno imediato dos serviços essenciais para a população, seja julgada até terça-feira (19). Caso a Justiça declare a greve ilegal, o Município também estará autorizado a descontar do salário dos servidores todos os dias parados, pelo menos em relação aqueles que receberam salários e mesmo assim continuaram a paralisação