Marcos Dantas

Morada da Paz patrocina programação em homenagem ao cantor Elino Julião


whatsapp-image-2016-11-10-at-08-09-10O cemitério e crematório Morada da Paz, empresa do Grupo Vila, anuncia o patrocínio da programação cultural em homenagem aos 80 anos de nascimento do cantor Elino Julião, um dos ícones da cultura sertaneja do Rio Grande do Norte, falecido há 10 anos. Sua cidade natal, Timbaúba dos Batistas (RN), será palco de uma série de ações programadas para este sábado (12) e domingo (13), com a proposta de resgatar a memória e a história do cantor.

No primeiro dia (12), a viúva do cantor, Maria Veneranda de Araújo, apresentará a palestra “Sobre Elino Julião – O Cantador do Seridó”, na Casa de Cultura Popular Palácio Elino Julião, a partir das 19h. No domingo (13), às 6h, será realizada uma Alvorada com a Banda Filarmônica Elino Julião pelas ruas da cidade até a Igreja de São Severino, com o maestro Mizael Cabral e, às 7h, será realizada a missa em ação de graças como Padre Amaurilo José da Silva.

À noite, a partir das 19h, a Praça Chilon Batista será palco para um concerto com a Banda Filarmônica Elino Julião. A Igreja São Severino receberá ainda uma exposição com registros da vida e obra do cantor durante todo o domingo. Apoiar e desenvolver ações como esta faz parte da proposta do Grupo Vila de perpetuar a memória de quem faz a história e a cultura potiguares, resgatando e valorizando figuras que se destacaram no Rio Grande do Norte. O diretor Eduardo Vila reforça que a história de Elino Julião merece esse destaque e sua memória deve ser sempre enaltecida. “Sempre fazemos questão de apoiar projetos que valorizam e resgatam a memória do povo potiguar, porque acreditamos que essa também é a nossa missão: preservar a história das pessoas”, declarou.

Elino Julião nasceu em 13 de novembro de 1936 e faleceu no dia 20 de maio de 2006, aos 69 anos de idade. O cantor é referência quando se fala em forró pé-de-serra e deixou seu nome marcado na história da cultura nordestina por valorizar esse ritmo típico da região, com um legado de valorização das raízes e da produção popular.