Ministro da Defesa defende solução definitiva para salários de policiais no RN

Em conversa com o Blog de Gerson Camarotti, o ministro da Defesa, Raul Jungmann, demonstrou preocupação com a crise na segurança pública no Rio Grande do Norte. Para ele, é preciso uma solução permanente para resolver o pagamento dos salários para os policiais militares, civis e bombeiros que estão em greve. Desde a sexta-feira, homens das Forças Armadas chegaram em Natal e Mossoró para compensar a ausência de policiais nas ruas.

“É preciso resolver essa questão rapidamente. A criminalidade caiu de forma significativa com a presença das Forças Armadas. Mas essa não é uma solução definitiva. É a primeira vez que há uma greve porque os policiais não estão recebendo salários. É greve por falta de salário”, ressaltou Jungmann.

Nesta terça-feira, a Justiça Federal suspendeu o uso de uma verba de R$ 225,7 milhões da Saúde para pagamento de servidores estaduais. O recurso, que foi enviado pelo governo federal, teve remanejamento autorizado pela Justiça Estadual último sábado (30). Porém a Advocacia Geral da União entrou com uma ação para impedir o pagamento. “Já enfrentamos paralisações de policiais porque cobravam aumento e outros benefícios. Mas nunca aconteceu antes uma paralisação por falta de salários”, ressaltou o ministro.