Ministério Público opina pela manutenção da sentença que indeferiu registro de Sally


Em parecer ofertado pelo Ministério Público Eleitoral, a Procuradora Regional, Dra. Clarisier Azevedo, opinou pela manutenção da sentença que decreta a inelegibilidade de José Sally de Araújo, candidato a prefeito de Cruzeta pela Coligação Vontade do Povo.

O candidato apresentou recurso, depois que a Justiça Eleitoral proferiu sentença indeferindo o pedido do registro de candidatura. O Ministério Público Eleitoral e a assessoria jurídica da Coligação Cruzeta em Boas Mãos apresentaram contrarrazões ao recurso que agora aguarda julgamento do TRE-RN.

Caso não consiga o deferimento, segunda-feira, dia 12, é o prazo final para que a coligação possa promover a substituição do candidato a prefeito de Cruzeta. Caso contrário, concorrendo com a candidatura de Sally, correm o risco de terem os votos considerados nulos, não podendo ser diplomado, caso ganhe as eleições.