“Milton Nascimento quer vir entender porque um dia cantou a Cantiga Caicó”, diz Sinval Souza


1505323_270514536440363_1486275687_nComo o Blog do Marcos Dantas já tinha adiantado, foi pelo desejo de conhecer Caicó, que o cantor da MPB Milton Nascimento aceitou participar do Projeto “Por amor a Caicó”, idealizado pelos empresários caicoenses Sinval Souza e Walfredo Dantas, o primeiro residente em Natal e o segundo em São Luiz (MA). Em entrevista neste sábado ao Blog, Sinval disse ter conhecido Milton através de Walfredo, e de lá pra cá uma verdadeira amizade foi criada entre os três. Tanto que quando se discutia com o cantor a idéia do projeto, ele foi o primeiro a se entusiasmar.

Através da amizade com Walfredo Dantas que trouxe o Milton ano passado para São Luiz, criou-se uma facilidade para o projeto Por amor a Caicó. Milton nascimento ficou apaixonado por essa idéia, e a cobrança dele começou. Já está confirmado o show para o dia 17 e vai dar tudo certo”, disse Sinval.

Milton Nascimento promete para a noite do dia 17 um show completo, inclusive com sua banda, e convidados surpresas, além dos artistas da terra Dodora Cardoso e Rodolfo Lopes. Para isso, uma estrutura de som e iluminação será montada. Para pagar o custo da estrutura, Sinval e Walfredo foram em busca de parceiros, e decidiram comercializar uma parte da área, com a montagem de camarotes e áreas vips, mas nada que fuja da realidade financeira da região. Grande parte da renda será destinada ao Grupo Reviver, que atende pessoa com câncer em Caicó.

Tivemos que viabilizar uma parte privada, até para cobrir os custos, que não é um show barato”

Marcos Dantas – É verdade que a idéia do show em Caicó surgiu do próprio Milton, pelo interesse dele conhecer nossa cidade?
Sinval de Souza – Surgiu do próprio Milton. Ele próprio quando nos abraçamos na despedida no Rio de Janeiro ele cantou um pouco a Cantiga de Caicó, e isso nos sensibilizou. Ele é curioso, quer saber sobre a cidade, é devoto de São Sebastiao, mostramos as fotografias do espaço onde vai ser o evento, e daí ele ficou mais curioso para conhecer a cidade.

A programação do show está toda definida?
Já está sim. Eu vim para São Luiz pra conversar com Walfredo Dantas, que é um dos organizadores. Então a gente vai fazer um evento para lançar no dia 01 de Julho e mostrar a imprensa e patrocinadores toda a estrutura de como vai ser.

Além de Milton também teremos a apresentação de artistas da terra?
Com maior prazer. Eu já levei um CD de Dodora Cardoso para Milton, ele já conhece. Ela é quem vai abrir o show pois é a cara de Caicó. O encerramento vai ser com o forró pé-de-serra de Rodolfo Lopes, que é muito bom. E no meio do espetáculo estamos vendo outros profissionais da região, como apresentação de teatro dentro do show, vai ser uma coisa bem cultural.

O show será beneficente?
A parte pública vai ser bem maior do que a privada. Ele quer encontrar com o povo, então tivemos que viabilizar uma parte privada, até para cobrir os custos, que não é um show barato, e já pensando num projeto em Caicó que é o Reviver, que é muito bacana, e uma parte dessa renda vai ser em prol desse projeto.

O Milton Nascimento está empolgado em conhecer Caicó?
Ontem falei com o empresário dele, e me disse que ele não fala em outra coisa. Levei uns biscoitos de Caicó agora quando tive na casa dele no Rio de Janeiro, e ele se empolgou mais ainda, para trazer mais biscoitos de Caicó, e conhecer esse povo. Ele acha o povo muito carismático, diferente, e quer ir pra Caicó para entender porque um dia cantou a Cantiga Caicó.

Ele contou pra você como a Cantiga Caicó chegou até o Milton?
Essa música foi uma pessoa de Recife, Teca Calazans que mandou pra ele. E ele se encantou por falar do sertão, do Vaqueiro. Mesmo sem conhecer a cidade, a história da música fez ele se encantar. Quando mostrei um vídeo da internet relacionado a Caicó, ele ficou impressionado com a Igreja, com o Poço de Sant’Ana, o Arco do Triunfo. Vai ser uma homenagem a Caicó e vice e versa, porque ele está se sentindo homenageado em estar sendo levado para Caicó. E na verdade é uma homenagem pra gente, ter uma sumidade como Milton Nascimento em Caicó.

Então além do show, você está preparando toda uma programação para ele conhecer Caicó?
Com certeza. Pra ele entender um pouco da cidade estamos organizando uma coisa muito bonita. Como não é um evento comercial, vamos ter homenagens a ele no show. Tudo de som, iluminação e estrutura está sendo contratado em Caicó, porque quero mostrar que somos capazes de fazer com tudo de Caicó.

Nos últimos meses você tem abraçado a causa do Grupo Reviver. Como surgiu esse interesse?
Eu já sou envolvido com outras causas sociais. E através da médica Graça Fernandes junto a Heitor Gregório, quando eles foram fazer a feirinha em Natal, nós fomos um dos colaboradores e divulgadores do projeto. Como já faço trabalho ligado a Liga do Câncer em Natal e a Linga Infantil, quando soube que Caicó tinha, nada mais justo como caicoense do que fazermos esse projeto. A maior gratificação de estar trazendo Milton Nascimento pra Caicó, é saber que ele ainda ajudará uma instituição.

Mesmo no espaço privado, os preços serão acessíveis?
Vai ser acessível. Serão três áreas de camarotes, Frontstage e pista. Teremos dois bares dentro do espaço para comercializar. É todo um levantamento de estrutura que não é pequena. A princípio nós pensamos num show menor com um quarteto, mas o próprio Milton quer levar o show completo, até com convidados que ele não disse quem será. Vai vir uma cantora, um pianista, ele quer mostrar o melhor do espetáculo dele. É um investimento alto e estamos fazendo com o apoio de patrocinadores. A Prefeitura de Caicó nos apoiou cedendo o espaço, que é maravilhoso, e a área privada será para população que desejar pagar, e para os patrocinadores.

Ouça a entrevista de Sinval de Souza ao Blog: