Metade das câmeras da segurança do Ciosp do Governo do RN é desativada

O trabalho de monitoramento realizado pelo Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) está desfalcado desde o dia 3 de julho, quando 83 câmeras, entre as 122 instaladas em Natal, São Gonçalo do Amarante e Mossoró pararam de funcionar ou foram desconectadas do sistema. A situação foi causada com o fim do contrato que o Governo do RN mantinha com uma empresa terceirizada que prestada serviços ao Estado há seis anos. Com o encerramento do contrato, que não pôde ser renovado por ter atingido o tempo limite de validade, 29 equipamentos deixaram de operar e a conexão das 54 câmeras mantidas pela Prefeitura de Natal com o centro de controle do Ciosp foi interrompida.

“Neste momento, estamos trabalhando com 39 câmeras: as 30 instaladas em Natal durante o período da Copa do Mundo de 2014, e outros nove equipamentos mantidos pela Prefeitura de São Gonçalo do Amarante que também geram imagens para o Ciosp”, disse ontem à tarde o tenente-coronel Kleber Caldas Macedo, coordenador do Centro Integrado, que faz parte da estrutura da Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed).