Marcos Dantas

Louis Marmoz recebe título de Doutor Honoris Causa da UFRN


A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) outorgou em Assembleia Universitária na última sexta-feira, 21, no Centro de Educação (CE), o título de Doutor Honoris Causa ao professor francês Louis Antoine Claude Marmoz, personalidade científica na área da educação. A honraria é um reconhecimento à sua trajetória acadêmica e profissional, marcada principalmente pelo engajamento no desenvolvimento da educação e dos direitos sociais em diversos países do mundo.

Louis Marmoz desempenhou missões científicas na Europa, América do Norte, América do Sul e principalmente na África, onde atua desde 1997 como titular da cátedra de Ciências da Educação, pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Ainda foi conselheiro da Divisão de Ensino Superior da Unesco de 2000 a 2007, e diretor de Programas de Formação e Pesquisa, realizados a partir de acordos internacionais, entre eles o Projeto Educação e Linguagem nº 121/91, executado de 1991 a 1997 por meio do acordo Capes/Cofecub, que envolveu a UFRN e a Université de Caen, na França.

De acordo com a diretora do CE, Márcia Maria Gurgel Ribeiro, o projeto reverberou na qualificação e formação de doutores em ambas as instituições, assim como impulsionou a reformulação do curso de Mestrado em Educação, para instituir o Programa de Pós-graduação em Educação da UFRN. Dessa parceria ainda foi implantado o Programa de Pós-graduação em Estudos da Linguagem no Departamento de Letras da universidade.

“O professor contribuiu significativamente para a estruturação de uma política de pós-graduação em educação na UFRN”, citou Márcia Gurgel, que saudou Louis Marmoz pelo esforço para “garantir o direito à educação a populações que historicamente foram excluídas desse processo”. A reitora da UFRN, Ângela Maria Paiva Cruz, reiterou a importante produção do novo Doutor Honoris Causa e exaltou o orgulho de conceder a outorga como um reconhecimento agradecido.