Liminar para retorno do prefeito de Bodó saiu mais rápido que notificação para afasta-lo do cargo


Tinha_bodo

Em Bodó, os comentários são da volta do prefeito Francisco Santos, o Tinhá e do vice-prefeito Nilsinho Assunção, ambos do DEM. Eles conseguiram uma liminar para retornarem a seus cargos, no pequeno município seridoense. A decisão foi do juiz Verlano Queiroz, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Lá dizem que a volta de Tinhá foi mais rápida que o seu afastamento. Tinhá foi cassado pela 28ª Zona Eleitoral na segunda-feira (24), mas a posse do presidente da Câmara, José Airton (PROS) só foi acontecer na noite desta quarta-feira (26). É que não tinha oficial de Justiça… Mas, a liminar foi concedida a Tinhá menos de 24h de seu afastamento…