Marcos Dantas

Juiz condena ex-vereador a 12 anos e cinco meses de reclusão


Condenado em primeira instância por envolvimento na “Operação Impacto”, que investigou a compra de votos na Câmara Municipal de Natal (CMN) na votação do Plano Diretor em 2007, o ex-vereador Dickson Nasser voltou a ser condenado judicialmente, na 4ª Vara Criminal da Comarca de Natal, a uma pena de 12 anos e cinco meses de reclusão pela prática dos crimes de peculato e formação de quadrilha (72 vezes).

O juiz Raimundo Carlyle de Oliveira Costa também condenou outras oito pessoas, que eram lotadas no gabinete do ex-vereador, pela prática dos mesmos crimes. Segundo a Segundo a denúncia do Ministério Público (MP), feita a partir de um desdobramento da Operação Impacto, Dickson Nasser articulou um esquema de desvio de dinheiro público no âmbito de seu gabinete na CMN através da nomeação de pessoas para o exercício de cargos comissionados condicionada à entrega dos cartões bancários e respectivas senhas dos funcionários, repassando-se os salários dos servidores ao então vereador através de depósitos na conta deste. O dano ao erário seria de R$ 109.665,49.