Marcos Dantas

Jardim do Seridó e antiga tradição de encenar a Paixão de Cristo


Jovens do Grupo JIN (Juventude Ideal Novo) encenando a Paixão de Cristo em 1980

Jovens do Grupo JIN (Juventude Ideal Novo) encenando a Paixão de Cristo em 1980

Quando se fala em encenação do Espetáculo da Paixão de Cristo, logo vem na lembrança a cidade de Carnaúba dos Dantas. Mais recentemente, outros municípios como Jardim de Piranhas, Acari e Serra Negra do Norte também passaram a apostar no espetáculo, como forma de atrair visitantes durante a Semana Santa.

Mas, poucos sabem que há mais de trinta anos a cidade de Jardim do Seridó mantinha a tradição do Espetáculo. O Blog do Marcos Dantas foi buscar no trabalho de Pesquisa “Histórias e Lendas de Nossa Terra”, produzido pela Professora Mílvia Araújo com a colaboração dos seus alunos da antiga CENEC algo sobre o assunto. Mílvia escreveu assim:

Em 1979 e 1980 foi encenada A Paixão de Cristo em Jardim do Seridó, produzida e dirigida por Bartholomeu Salles, que também fazia parte do elenco. Foi apresentada no Alto do Santuário do Coração de Jesus e tinha como atores e atrizes: Zequinha Dulino (Jesus Cristo), Niete (Maria), Enedina (Verônica), João Maria (José), Margarida (Maria Madalena), Levi (Pilatos), Bartho (Apostolo João), Joaldo e Tan de Tomires (os ladrões que foram crucificados com Jesus), Eliziana ((anjo), Odivan (um dos guardas que crucificaram Jesus) e dezenas de pessoas como figurantes, todos de Jardim do Seridó. Era encenada na Sexta-feira Santa e no Sábado de Aleluia à noite. Muito bem apresentada, fez bastante sucesso. Só foi registrada no 2º ano em 1980, através de fotos e slides.