Marcos Dantas

História em quadrinhos retrata a vida de crianças e adolescentes vivendo com HIV/Aids


dr-francisco-micussiFoi lançado na manhã desta sexta-feira, 25, no Hospital Giselda Trigueiro (HGT), o livro “Hivinho: uma história de vida”, que descreve a realidade de crianças e adolescentes vivendo com HIV/Aids. Através do personagem Hivinho, o médico infectologista e pediatra Francisco Micussi mostra os desafios enfrentados por quem convive com a doença desde tão jovem, como medos, estigmas, preconceitos, mitos e vergonhas.

Atuando no HGT há 27 anos, sendo os últimos 10 anos dedicados ao ambulatório do SAE, o serviço de atendimento especializado para pessoas vivendo com HIV/Aids, Micussi encontrou na revista em quadrinhos uma forma de incentivar as famílias a aderirem ao tratamento.

“Trabalhamos muito para que os pais não deixem de trazer as crianças, e com isso queremos incentivar as famílias a conversar sobre o tema, e a optar pela revelação, ou seja, explicar à criança e ao jovem a situação vivida e a necessidade de manter a rotina das medicações, por mais que haja muitas dificuldades”.

Ele afirma que nas mais de duas décadas de trabalho nunca perdeu o encantamento. “Temos várias estratégias, gostamos de comemorar os aniversários como forma de celebrar a adesão, e achamos que o livro é uma estratégia para superar com magia os dramas do tratamento, usando a linguagem lúdica, com histórias baseadas em fatos reais que ocorrem com jovens da mesma faixa etária do público-alvo”. Atualmente o SAE do HGT acompanha 70 crianças em tratamento para HIV/Aids.