Marcos Dantas

Governador e representantes dos Poderes fazem reunião a portas fechadas


A portas fechadas, o governador Robinson Faria discute a questão financeira do Rio Grande do Norte com representantes do Ministério Público Estadual, Tribunal de Justiça, Defensoria Pública, Tribunal de Contas e Assembleia Legislativa. O encontro, iniciado antes do horário previsto, ocorre na sala de reunião da Governadoria, sem permissão para acesso da imprensa.

O procurador-geral de Justiça, Rinaldo Reis Lima, está acompanhado do procurador-geral de Justiça adjunto, Jovino Pereira Sobrinho, e do promotor Alexandre Frazão. O presidente do TCE, Carlos Thompson, não está presente à reunião pois viajou para participar de um congresso. Ele é representado pelo conselheiro Gilberto Jales, que está acompanhado da secretária-geral da Corte de Contas, Marise Queiroz Rocha.

O Tribunal de Justiça está sendo representado pelo atual presidente, desembargador Cláudio Santos, e pelo presidente eleito, Expedito Ferreira, que assumirá a chefia em janeiro de 2017. Também participam da reunião o presidente da ALRN, deputado Ezequiel Ferreira; além da defensora-geral da Defensoria Pública do Rio Grande do Norte, Renata Alves Maia.

O vice-governador, Fábio Dantas, além do deputado José Dias, também estão presentes. Na reunião, estão sendo discutidas medidas de redução de gastos e a possibilidade de devolução de saldos residuais de duodécimos ao Governo do Estado.