Marcos Dantas

Futuros gestores seridoenses se convenceram da importância do reuso planejado de água


dsc00599

Durante toda a manhã desta quinta-feira (27), prefeitos eleitos e reeleitos no último pleito na região do Seridó conheceram alguns projetos de reuso planejado de água, durante o Seminário promovido pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Piancó-Piranhas-Açu e a Agência de Desenvolvimento Sustentável do Seridó (ADESE). Na avaliação de Devanir Garcia dos Santos, coordenador de Implementação de Projetos Indutores da Agência Nacional de Águas, a reunião serviu para confirmar que o reuso para a região do Seridó é uma coisa importante, onde foram feitos uma série de encaminhamentos, que vão gerar alguns projetos para a região.

“A idéia é de se trabalhar inicialmente três projetos de reuso na Bacia, e que era mais ou menos a expectativa da gente, que era de criar um ambiente favorável pra que as pessoas possam compreender o que é o reuso, como ele funciona e em que ele contribui”, explicou.

dsc00598

Os municípios de Jucurutu, São Fernando e Serra Negra do Norte se prontificaram em iniciar o experimento do uso de água, e o próximo passo, de acordo com Devanir é trabalhar na elaboração dos projetos “e ver como que a gente consegue apoiar financeiramente essa execução”, reforçou Devanir.

No Seminário, os convidados conheceram uma realidade que vem dando certo na região do Seridó, que é o projeto “Palmas para Santana”, desenvolvido em Santana do Seridó. A água do esgoto gerado pela população está servindo para irrigar banco de forragem, composto por espécies como a palma forrageira, feijão guandu e sorgo. O próprio Instituto Nacional do Semiárido, representado pelo seu diretor Salomão de Souza Medeiros, vai disponibilizar a mesma tecnologia utilizada em Santana do Seridó, nos três municípios que demonstraram interesse em iniciar a experiência do reuso de água.