Ex-prefeito de Ouro Branco tem bens indisponíveis pela Justiça

O ex-prefeito de Ouro Branco, Nilton Medeiros teve bens indisponíveis pela Justiça, através de um pedido do Ministério Público.

Nilton responde a ações de improbidade administrativa, e o MP pediu o ressarcimento de R$ 117 mil, 692 reais e 56 centavos aos cofres do município.

As irregularidades foram detectadas pelo Tribunal de Contas do RN, ao analisar a documentação comprobatória das despesas da Prefeitura de Ouro Branco no ano de 2005, quando Nilton era prefeito da cidade.

Clique aqui e veja a decisão da Justiça