Marcos Dantas

Enem 2016: veja a lista das escolas afetadas pelo adiamento das provas no RN


O Instituto de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informou nesta terça-feira (1º) que 3.990 dos 195.728 dos inscritos para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) não poderão fazer a avaliação no próximo fim de semana no Rio Grande do Norte, por conta das cinco ocupações em colégios listados como locais de provas.

Segundo o Inep, os inscritos em escolas ocupadas só poderão fazer o exame nos dias 3 e 4 de dezembro. A prova aplicada em dezembro terá o mesmo modelo e nível de dificuldade do Enem deste fim de semana, segundo o Inep, mas com questões diferentes.

Em todo o Brasil, segundo o Ministério da Educação (MEC), o adiamento vai atingir 304 locais de provas devido às ocupações de escolas, institutos e universidades federais. Os estados do Paraná, com 74 ocupações, e Minas Gerais, com 59, têm o maior número de locais de provas ocupados. A medida vai alterar a data da prova para 191.494 candidatos.

Em relação ao custo da mudança, o MEC, que havia cogitado repassar o gasto do adiamento aos responsáveis pelas ocupações, voltou atrás e informou que o governo federal deverá arcar com a alteração. O Enem custa para o governo R$ 90 para os estudantes isentos de taxa de inscrição e R$ 72 para aqueles que pagaram. O custo de cada prova adiada deverá ser de cerca de 70% desse total, uma vez que neste final de semana o MEC deixará de gastar com fiscais de prova e outras despesas.

Rio Grande do Norte
Caicó – UFRN Campus de Caicó – Prédios Auditório, Bloco A, Bloco B e Bloco D
Macau – IFRN – Istituto Federal de Ciências Tecnológicas – Prédios: Bloco A e Bloco B

Natal

EE Des Floriano Cavalcanti – Prédios: Bloco A, B, C e D
EE Prof Anisio Teixeira – Prédios: Bloco A, B e C
IFRN – Campus Zona Norte – Prédios – Bloco A e Bloco B