Marcos Dantas

Empresário seridoense esclarece denúncias de irrigação em sua propriedade


Nos últimos dias o empresário do ramo de lojas de móveis, José Ribamar tem visto seu nome sendo usado nas redes sociais, com denúncias de que o mesmo estaria mantendo motores-bombas no Rio Piranhas, para o uso de irrigações em suas propriedades, Fazenda Assembléia e Barra de baixo, localizadas no município de Jardim de Piranhas. Em contato com o Blog do Marcos Dantas, Ribamar reconheceu que há três anos mantinha a irrigação de dezenas de hectares de capim elefante com água do Rio, mas desde que a Agência Nacional de Águas recomendou a suspensão do uso da água para esta finalidade, ele foi um dos primeiros da região a acatá-la. “Tive um prejuízo enorme, mas pelo momento em que estamos passando, vi que seria a medida mais sensata”, disse.

O empresário demonstrou preocupação pelo uso de seu nome em postagens nas redes sociais, e disse que os próprios órgãos fiscalizadores podem atestar o que ele vem dizendo. “Quase toda semana esses órgãos passam aqui nas nossas propriedades, e a própria ANA quando esteve na minha fazenda confirmou que em toda a extensão da minha propriedade não tem uma bomba sequer sendo usada para a irrigação. A única bomba que tenho é uma que leva água para uma vila de casas. E para manter alguns animais, eu perfurei poços há uma distancia considerável do Rio”, finalizou.