Controladoria-Geral do município de Parelhas recomenda que o município se abstenha de convocar concursados


Em virtude da extrapolação do limite para a despesa com pessoal, a Controladoria Geral do Município de Parelhas emitiu parecer recomendando que a nomeação de novos concursados só aconteça em virtude de aposentadoria ou falecimento de servidores nas áreas de saúde e educação e que a nomeação dos demais candidatos aprovados dentro do número de vagas só seja efetivada quando a despesa com pessoal da administração voltar para o percentual abaixo do limite prudencial, em conformidade com a Lei de Responsabilidade Fiscal.

Parelhas é um dos municípios seridoenses que mais comprometem sua receita com a folha de pagamento dos servidores, atingindo o percentual de 69,72% conforme relatório de gestão fiscal do mês de junho.

A integra do parecer pode ser acessada no link