Cerro Corá

Festival de Inverno de Cerro-Corá foi encerrado ontem


O festival de Inverno de Cerro Corá foi realizado no período do clima frio da serra de Santana, em que as temperaturas podem variar de 15º a 20º, podendo chegar a níveis mais baixos. Este ano o evento seguiu até ontem (6) com a temática “Heranças do nosso povo, tradição de nossa gente”.

Durante os três dias de festival a cidade se transformou num celeiro cultural e gastronômico atraindo centenas de visitantes para a região serrana potiguar.  Os turistas e cerrocoraenses tiveram a oportunidade de apreciar as comidas características da região, shows e o artesanato local.

Governador participa do festival de inverno de Cerro Corá


Gastronomia, cultura e arte são alguns dos ingredientes da XV edição do Festival de Inverno de Cerro Corá, que ocorre anualmente na praça Tomaz Pereira de Araújo, localizada no centro da cidade. O município situado no Agreste potiguar costuma registrar uma média de 30 mil visitantes nesse período do ano e, neste sábado (5), teve a presença do governador, Robinson Faria.

O chefe do Executivo estadual esteve acompanhado da prefeita do município Graça Oliveira e do vice, Zeca Araújo, além dos secretários de Estado, Julianne Faria (Sethas) e Getúlio Ribeiro (Relações Institucionais) e do deputado estadual Galeno Torquato.

A gestora da cidade, Graça Oliveira, destacou a presença do governador e também lembrou da parceria do governo com a realização da festa. “Chegamos à 15a edição do nosso tradicional festival e cada ano vem aumentando a estrutura da festa e o número de visitantes. Há três anos contamos com ajuda do governo e é sempre um prazer receber o governador em nossa cidade”, destacou.

MPRN recomenda que Prefeitura de Cerro-Corá reduza despesa com pessoal


O Ministério Público do Rio Grande do Norte, por meio da Promotoria de Justiça de Currais Novos, recomendou à prefeita de Cerro-Corá, Maria das Graças de Medeiros Oliveira, que reduza a despesa com a folha de pessoal no município. A recomendação número 2017/0000230133 foi publicada na edição desta terça-feira (4) do Diário Oficial do Estado (DOE). A prefeita tem prazo máximo de 90 dias para adotar as medidas de redução de despesas recomendadas pelo MPRN.

Para se adequar à Lei de Responsabilidade Fiscal, a Prefeitura deve reduzir em pelo menos 20% as despesas com cargos em comissão, contratos temporários e funções de confiança; exonerar servidores não estáveis; e exonerar servidores estáveis, ocupantes de atividades funcionais, órgãos ou unidades administrativas a serem delimitadas em ato normativo motivado do chefe do Executivo.

Projeto de identificação de ruas será lançado em Cerro-Corá


“Minha Rua tem identificação”. Esse é o projeto que será apresentado nos próximos dias, pela Coordenadoria de Turismo de Cerro Corá. A ideia é identificar com placas em estilo europeu as ruas e avenidas da cidade.

As placas de sinalização são de suma importância tanto para a localização de pedestres e motoristas como para os serviços, principalmente o de correios e o de entrega de mercadorias no comércio, facilitando também a vida de nossos visitantes e turistas.

Galeno Torquato requer benefícios para Cerro-Corá


O município de Cerro-Corá, na região Seridó do Estado, está na lista de cidades beneficiadas com pleitos do deputado Galeno Torquato (PSD) ao Executivo Estadual. O parlamentar apresentou requerimentos na Assembleia Legislativa solicitando uma série de ações à Secretaria de Estado do Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas).

Em um dos pedidos ao órgão estadual, Galeno solicita a instalação de uma unidade do Restaurante Popular para atender a população de baixa renda. “Com essa ação, os munícipes terão acesso a uma alimentação balanceada e de qualidade”, justifica ele.

A implantação de um Posto Avançado da Central do Cidadão é outro pleito do deputado à secretaria. Segundo ele, a ausência de uma unidade na cidade obriga os moradores de Cerro-Corá a se deslocarem até municípios vizinhos quando necessitam dos serviços oferecidos pela Central, como Detran, ITEP, SINE, Procon, entre outros.

Para fomentar a economia do município, o deputado Galeno pleiteia também a efetivação da operação do Programa Microcrédito, ação que financia em até R$ 3 mil o empreendedor informal e em até R$ 6 mil o empreendedor formalizado. “O Microcrédito em um projeto inovador e único no Brasil, representando uma alternativa para as famílias potiguares enfrentarem a crise econômica”, explica o parlamentar.

Por fim, mas não menos relevante, Galeno solicita ao órgão estadual a promoção de uma edição do projeto Vila Cidadã em Cerro-Corá. A proposta é levar à população carente os serviços essenciais oferecidos pelo Governo do Estado, como emissão de carteira de trabalho, identidade, CPF, cadastro em programas sociais e de emprego, além de lazer para as crianças.

Em nota, prefeita de Cerro-Corá lamenta destruição de ônibus escolares e suspende inicio do ano letivo


Em nota assinada pela prefeita Maria das Graças de Medeiros Oliveira, a mesma lamenta a onda de violência que seu município foi vítima, na noite deste domingo (19), quando quatro ônibus escolares foram destruídos. Os transportes foram adquiridos com recursos do programa Caminhos da Escola, e serviam para transportar alunos da zona rural.

  • Meus amigos e minhas amigas, conterrâneos cerro-coraenses,
  • É com muita tristeza que venho expressar o nosso sentimento de repúdio aos fatos que ocorreram nesta madrugada do dia 20 de fevereiro.
  • De forma maldosa, criminosos atearam fogo em quatro ônibus que pertencem ao nosso povo. Estes veículos, adquiridos através do Programa Caminhos da Escola, serviam exclusivamente para o transporte dos nossos alunos. Os ônibus estavam estacionados no pátio do Centro de Convivência de Idosos – Bairro Tancredo Neves sob a guarda de vigilante noturno como de costume.
  • Todos eles passaram por processos de revisão e reparo nos últimos dias para que os nossos alunos da rede pública de ensino fossem transportados a partir desta segunda-feira, dia 20/02, dia em que se iniciariam as aulas na rede pública municipal e estadual de ensino.
  • Tendo em vista o ocorrido, torna-se insustentável o início deste ano letivo como estava programado. Assim, pedimos a compreensão da nossa população ao mesmo tempo em que informamos que a Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Desportos juntamente a este Gabinete tomarão todas as medidas necessárias para que o ano letivo se inicie e transcorra dentro da sua normalidade. O novo calendário será divulgado nestes próximos dias.
  • É muito triste ver o que a maldade e o ódio podem fazer com as pessoas. É muito triste ver como existem pessoas que se dispõem tão somente a fazer o mal a si mesmo e aos outros prejudicando vidas inocentes.
  • Mas tenham a garantia que esta Administração irá empreender e apoiar todos os esforços para que se inicie um processo de investigação e resulte na penalidade justa aos responsáveis por este crime. Criminosos! Esta é a palavra que define, seja quem for, os responsáveis por este ato de vandalismo e depredação do patrimônio público. Reiteradamente, fica aqui a minha tristeza, o meu pesar e o nosso desejo de que a justiça divina e humana sejam cumpridas aos verdadeiros culpados. Fiquem todos sob a proteção de Deus!
  • Cerro Corá/RN, 20 de fevereiro de 2017.
  • Maria das Graças de Medeiros Oliveira
  • Prefeita Constitucional

Vigia conseguiu evitar estrago maior em Cerro-Corá


A proporção da ação violenta registrada nesta noite de domingo (19) em Cerro Corá poderia ter sido maior, se não fosse a iniciativa corajosa de um vigia, identificado como Jonas que conseguiu tirar os outros ônibus e carros de perto. As imagens enviadas ao Blog do Marcos Dantas por Aristéia Dantas mostram o grau de destruição dos quatro ônibus escolares.

Quatro ônibus escolares foram queimados em Cerro-Corá


Foto: DJ Aildo

Pelo menos quatro ônibus foram queimados na noite deste domingo (19) em Cerro Corá, na região do Seridó. De acordo com informações dos quatro, três integravam o Projeto Caminho da Escola e o outro um microônibus escolar. O atentado que ainda não foi elucidado pela polícia aconteceu as vésperas do início do ano letivo.

Durante as ultimas rebeliões e atentados, no inicio do mês de Janeiro, todos os ônibus e a frota do município foram guardados no Estádio de Futebol da cidade, e vários vigias se revezavam na proteção do patrimônio. Mas, quando a situação de acalmou, os ônibus oram levados para o pátio de um complexo do município em um bairro da cidade, onde funciona uma escola e o Centro de Convivência dos Idosos.

Festival de cinema movimenta economia e turismo de Cerro Corá


A cidade de Cerro Corá (RN), desde a última quinta-feira até o sábado (10), foi palco do III Ancorá – Curta Ambiental Nordeste Cerro Corá 2016. A boa notícia é que, de acordo com Wallace Pereira, empreendedor da área de turismo no município, a repercussão do festival é grande no pós-evento, “devido à mídia espontânea”.

Ele explica que aqueles que não tiveram a oportunidade de visitar a cidade durante a Mostra de Cinema acabam se interessando posteriormente, na medida que o evento cresce e torna Cerro Corá um referencial. “A cidade tem potencial para o turismo, com um clima frio e paisagens bonitas, sendo a nascente do rio mais importante do Rio Grande do Norte, o rio Potengi. Então, desde sua primeira edição o Ancorá agrega valor para a nossa economia, com o aumento considerável no fluxo de pessoas”, disse o empresário.

Juan Luna-Kelser, professor da Universidade George Washington, nos Estados Unidos, participou do Ancorá e enalteceu a iniciativa, que une cinema, educação e meio ambiente. “O turismo de eventos é cada vez mais demandado pelos viajantes. Chamamos de turismo MICE, que significa Meetings (Encontros), Incentives (Incentivos), Conferences (Conferências) and Exhibitions (Feiras). A vantagem dessa modalidade turística é que ela tem a capacidade de tornar perenes os benefícios sociais para a comunidade”, avaliou Juan, especialista em turismo sustentável. 

Por sua vez, Célio Vieira, gerente do Escritório Regional do Seridó Oriental do Sebrae RN, ressaltou que a visão empreendedora e sustentável do Ancorá se coaduna com a metodologia de trabalho estabelecida pelo Sebrae. “Temos uma atuação voltada para o fomento do empreendedorismo, conceito que gera emprego e renda para milhões de brasileiros. O festival se consolida através de um trabalho de base com alunos e professores das escolas públicas de Cerro Corá. Planejamos intensificar esta relação no próximo ano”.

O prefeito Raimundo Marcelino Borges falou que o festival divulga a região em todo país, atrai visitantes e movimenta bares, restaurantes, comércio hoteleiro e similares, no momento que a cidade comemora 63 anos de emancipação política . “Estamos felizes e agradecidos em receber cineastas, produtores, atores e jornalistas, um público qualificado e comprometido com o processo de interiorização do cinema em nosso estado”, destacou.

“A parceria entre a Prefeitura e a equipe do Festival possibilitou uma importante conquista no ano passado: a reabertura do Cine Canário, que estava fechado há mais de três décadas. Dito isso, espero que o trabalho seja ampliado e torço que neste ano se repita o sucesso dos anos anteriores, pois o Ancorá já é um marco cultural do RN”, explicou o prefeito Marcelino Borges.

Festival ANCORÁ 2016 tem início nesta quinta-feira em Cerro Corá

Evento acontece com mostras competitivas de audiovisuais e o acesso é gratuito

15326516_1829500190671351_3396946180586239547_n

Quer uma boa dica para viajar e ainda aproveitar um lindo festival de audiovisual? Prepare a pipoca e reserve o seu lugar. A terceira edição do Festival ANCORÁ – Curta Ambiental Nordeste Cerro Corá tem início a partir desta quinta-feira (08) e segue até o dia 10 de dezembro no município de Cerro Corá. Este ano, o Festival se inspirou na Campanha da Fraternidade 2017 e vai trabalhar sob a temática “Biomas Brasileiros”. Todo o acesso ao evento é gratuito e será realizado no Cine Canário, com premiação na Praça Central.

Durante o Festival, o público acompanha duas mostras competitivas, sendo elas: a Mostra de Curtas Ambientais do Brasil, compostas de filmes produzidos em qualquer lugar do país; e a Mostra de Curtas Ambientais Estudantil de Cerro Corá, composta por filmes produzidos por estudantes cerro-coraenses. Os ganhadores das Mostras recebem a premiação em dinheiro.

O III ANCORÁ traz também debates entre organizadores, profissionais da área e espectadores, incluindo crianças, estudantes e adultos, além da Mostra Cine Rural que leva cinema e entretenimento à população. O Festival é um projeto da CASU Filmes e ONG Navima. Nesta edição conta com o patrocínio da Força Eólica do Brasil, que é uma Joint Venture da Neoenergia com a Iberdrola e com o apoio da Prefeitura Municipal de Cerro Corá, do Sebrae/RN, da Pousada Colina dos Flamboyants e da Água Mineral Santa Clara.

Festival ANCORÁ terá sua terceira edição em dezembro em Cerro Corá

Inscrição gratuita segue até o dia 06 de dezembro para produtos audiovisuais

A magia da sétima arte está de volta a Cerro Corrá. De 08 a 10 de dezembro, o município, localizado a 190 km de Natal, recebe a terceira edição do Festival Ancorá – Curta Ambiental Nordeste Cerro Corá. Sob a temática ” Biomas Brasileiros”, o festival trouxe inspiração da Campanha da Fraternidade de 2017. O festival será composto por mostras competitivas de curtas-metragens e por uma Mostra Cine Rural que tem como objetivo levar o cinema e entretenimento para a população da zona rural do município.

Além das exibições dos curtas, o Festival também fará debates entre os realizadores, profissionais do meio audiovisual e espectadores em geral, incluindo crianças, estudantes e adultos. A população terá acesso gratuito a todos os eventos do Festival, que será realizado no Cine Canário, com premiação na Praça Central do município.

O Festival é um Projeto da CASU Filmes e ONG Navima. Nesta terceira edição conta com o patrocínio da Força Eólica do Brasil, que é uma Joint Venture da Neoenergia com a Iberdrola e com o apoio da Prefeitura Municipal de Cerro Corá, do Sebrae/RN, da Pousada Colina dos Flamboyants e da Água Mineral Santa Clara. Os interessados em participar do III Ancorá devem seguir o tema disposto pelo festival e podem fazer a inscrição até o dia 06 de dezembro com produtos audiovisuais até 01 minuto. Com a premiação de R$1.000,00(mil reais).

Clique aqui e leia o regulamento

Ezequiel Ferreira apoia chapa Joãozinho e Ana Maria, em Cerro Corá


Convenção em Cerro Corá1

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), visitou Cerro Corá, distante 180 quilômetros da capital, na região Seridó, na manhã deste domingo (24) para participar da vibrante convenção que homologou a chapa: Joãozinho (PMDB), prefeito, e Ana Maria (PR), vice, no Cine Canário, na coligação Todos Unidos por Cerro Corá.

“Estamos vivenciando um momento no país que é hora de darmos as mãos. Agora é hora de acertar. Cerro Corá está nesse caminho trazendo alguém que tem competência e responsabilidade como Joãozinho. A união de Joãozinho e Ana Maria é a junção que tem a cara do povo de Cerro Corá que é sério, trabalhador e honesto”, frisou Ezequiel Ferreira, ao lado do atual prefeito de Cerro Corá, Raimundo Marcelino Borges (o Novinho), (DEM) do deputado federal Walter Alves (PMDB), do Secretário de Estado do Esporte e do Lazer (SEEL), Francisco Canindé de França (PCdoB).

Em Cerro Corá o candidato a prefeito é o atual vice-prefeito, Joãozinho, João Batista de Melo Filho. A Coligação recebe o apoio do atual prefeito, Novinho, e já tem a participação do PSDB, PMDB, DEM, PR, PRB, PCdoB, Solidariedade, PDT e PROS.

A coligação Todos Unidos por Cerro Corá apresentou 16 nomes para disputar 9 vagas na Câmara Municipal da cidade. O candidato Joãozinho já administrou Cerro Corá por 4 vezes, é casado, administrador e a sua vice Ana Maria é ex-vereadora, foi vice-prefeita e sindicalista. Cerro Corá tem 8.586 eleitores.

Empresário Doca do Posto tem pré-candidatura lançada a prefeito de Cerro Corá


c196361a78686a331dc7d35a7793b5bf

Um grupo político formado pelos vereadores Erinho (PTB), Zeca (recém filiado ao PSB), ex-prefeito CODÔ (PHS), os vereadores João Alexandre e Binha (ambos PC do B), Tico de Paulo (PPS), além dos empresários João Marcelo (PEN), Doca do Posto (PTB) e outros correligionários se uniu em torno de um novo projeto para as eleições deste ano em Cerro Corá.

A primeira atitude foi contratar uma pesquisa de opinião pública. Querem saber quem seria o melhor nome para suceder o atual prefeito Novinho Borges. Com os números em mãos, o grupo decidiu marchar com a pré-candidatura a prefeito do empresário Doca do Posto. Seu companheiro de chapa será discutido posteriormente. “O grupo conversará com outros representantes da oposição e depois de muitas conversas, diálogos e reuniões, aí sim definir quem será o vice da chapa encabeçada por Doca do Posto”, disse uma fonte ao Blog do Marcos Dantas.

MPEduc promove audiência pública em Cerro Corá nesta quinta


O Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN) e o Ministério Público do Estado (MP/RN) promovem nesta quinta-feira (28) uma nova audiência pública do Projeto Ministério Público pela Educação, o MPEduc, em Cerro Corá, no auditório da Câmara Municipal, a partir de 9h. Essa é a primeira de duas audiências marcadas para a região, com o intuito de apresentar à população os primeiros resultados do projeto. A próxima será dia 12 de maio, na cidade de Lagoa Nova, também no auditório da Câmara Municipal, mas às 14h.

O MPF será representado pelo procurador da República Bruno Lamenha e o MP/RN pelo promotor de Justiça Marcelo Coutinho Meireles. Os dois farão a prestação de contas do MPEduc, informando o resultado das recomendações feitas aos gestores municipais e estaduais, entregues em 2015; mostrando quais foram acatadas e quais ainda precisam ser atendidas pelo poder público, além de apresentar possíveis medidas judiciais ou extrajudiciais a serem tomadas.

Festival Ancorá encerra em Cerro Corá com premiação dos vencedores


Vencedores e organizadores do Ancorá 2

O sábado, 12 de dezembro, marcou o último dia de atividades do Festival Ancorá – Curta Ambiental Nordeste 2015, com o tema “Água, Desafios e Sustentabilidade” em Cerro Corá, município da região Seridó. Em sua segunda edição, que começou na sexta-feira (10), a atração veio com a proposta de difundir o cinema na cidade, e seus quase 11 mil habitantes tiveram a oportunidade de viver a magia da telona. Dessa vez, a iniciativa ressaltou a crescente crise da água, tendo a sétima arte como recurso pedagógico na educação ambiental.

E o principal destaque da noite foi a exibição dos curtas-metragens inscritos para as mostras competitivas. A produção carioca “Não Custa Nada”, dirigido por Edu Pereira, venceu a Mostra Curtas Ambientais do Brasil. Enquanto “O Beato Kaji”, dos diretores Josenira Fraga e Kaiony Venâncio, recebeu menção honrosa. A prata da casa também brilhou através de filmes criados pelos alunos das escolas públicas da cidade nas oficinas cinematográficas. Dos escolhidos da curadoria, “A Gota D’água” ficou com o primeiro lugar na Mostra de Curtas Ambientais de Cerro Corá. Os fãs do cinema ainda foram brindados com a reinauguração do Cine Canário após 30 anos de inatividade, fruto da parceria entre o Ancorá e a prefeitura. Tradicional na história da cidade, o local recebeu as atividades do festival. O público participou de uma roda de bate-papo com especialistas da sétima arte, que falaram sobre a importância social da sala de cinema no interior e a cadeia produtiva do audiovisual potiguar.

ANCORÁ tem início nesta quinta-feira em Cerro Corá


12357091_1663866990568006_2699155771973639704_o

Tem início nesta quinta-feira (10) e segue até sábado (12) a segunda edição do Festival de Curta Ambiental Nordeste Cerro Corá 2015 – II ANCORÁ. Este ano com o tema “Água, Desafios e Sustentabilidade”, o Festival, como em seu nome já diz, ocorre no município de Cerro Corá, cerca de 190 km da capital potiguar, e colocará nas telonas os problemas da seca e a importância da consciência ambiental. O Festival acontece na Praça Central do município com entrada gratuita para todo o público e programação diversa para todas as idades.

O ANCORÁ une a magia da sétima arte, com povo hospitaleiro e boa gastronomia. Durante o Festival serão exibidos curtas-metragens através das Mostras Brasil e Cerro Corá; filmes produzidos nas oficinas oferecidas previamente, além de debates entre realizadores, profissionais do audiovisual e o público.

É um Projeto da CASU Filmes e ONG Navima. Nesta segunda edição conta com o patrocínio da Força Eólica do Brasil, que é uma Joint Venture da Neoenergia com a Iberdrola e com o apoio da Prefeitura Municipal de Cerro Corá, Marinha do Brasil,  ABDeC/RN – Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-Metragistas do Rio Grande do Norte, filiada à ABD Nacional e  Pousada Colina dos Flamboyants.

Festival ANCORÁ acontece em dezembro em Cerro Corá


Os arredores da nascente do Rio Potengi é terra de povo hospitaleiro, boa gastronomia e temperatura agradável: o cenário perfeito para levar a magia da sétima arte ao público. De 10 a 12 de dezembro, o município de Cerro Corá, localizado a 190 km da capital potiguar, recebe a segunda edição do Festival Ancorá – Curta Ambiental Nordeste Cerro Corá.

Sob a temática “Água, Desafios e Sustentabilidade”, o festival será composto por mostras de curtas-metragens, sendo inclusos também os filmes produzidos nas oficinas de formação propostas pelo Festival. O evento também ressalta os problemas da seca e da importância da consciência ambiental através dos recursos da linguagem cinematográfica.

Zenaide prestigia Festival de Inverno em Cerro Corá


Quem esteve prestigiando o Festival de Inverno no seu primeiro dia de programação foi a deputada federal Zenaide Maia (PR) onde ao lado  da ex vice-prefeita Ana Maria Silva (PR) e o secretário geral da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Rio Grande do Norte (Fetarn), Francisco José da Silva, fez questão de visitar a feirinha de artesanato e apreciar a culinária local.

11855340_748811608579899_1745676632_n

11843995_748811508579909_487746042_n

Rogério Marinho participa da convenção do PSDB em Cerro Corá


SONY DSC

O PSDB realizou neste domingo (07) mais uma convenção municipal, dessa vez em Cerro Corá. O deputado federal Rogério Marinho, presidente de honra da legenda no Rio Grande do Norte esteve presente. Na oportunidade, o empresário Rodolfo Guedes assumiu o comando tucano na cidade.

Rogério destacou que a posse de Rodolfo representava o fortalecimento do partido na região e enfatizou o papel de oposição da legenda ao governo do PT, da presidente Dilma Rousseff. O líder tucano ainda abordou o sucesso do Programa de Industrialização do Interior, o Pró-Sertão, criado por Rogério durante sua passagem pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

MPEduc: 31 recomendações são emitidas cobrando melhorias na educação de Cerro Corá


O Ministério Público Federal (MPF) expediu, junto com o Ministério Público Estadual (MP/RN), um total de 31 recomendações à Prefeitura de Cerro Corá – e a órgãos públicos como a Secretaria Municipal de Educação e o Corpo de Bombeiros – referentes a melhorias que precisam ser adotadas nas escolas do Município. Os documentos são fruto da primeira etapa do projeto Ministério Público pela Educação (MPEduc), o diagnóstico concluído em 19 de março com uma audiência pública.

As recomendações assinadas pelo procurador da República Bruno Lamenha e pela promotora de Justiça Mariana Barbalho apontam ações necessárias nas áreas de alimentação escolar, estrutura dos prédios, transporte dos alunos, acessibilidade e até mesmo gestão pedagógica. Todas as unidades foram visitadas por representantes do Ministério Público, em 17 e 18 de março. Além das visitas e da audiência, questionários foram submetidos a diretores, professores e conselheiros escolares.