Marcos Dantas

Bodó

Zenaide Maia participa de caminhada e comício em Bodó


Zenaide Maia em Bodó 2

A deputada federal Zenaide Maia (PR/RN) participou na noite de domingo (04) de caminhada e comício na cidade de Bodó, ao lado da candidata a prefeita da cidade, Neuman (PR), e do vice-prefeito, Divino (SD).

Os candidatos são da coligação: Juntos Somos Mais Fortes, composta pelos partidos: SD, PR, DEM, PC do B, PTN e PTC.  “O povo de Bodó sabe o que quer, sabe onde quer chegar e vai chegar, sabe por que? Porque vão saber escolher quem vai governar o seu município. Eu fico muito feliz em ver que a cidade de Bodó será governada por uma mulher de garra e determinação”, declarou a deputada Zenaide Maia durante o comício.

Tereza Neuman é o nome do PR para disputar a prefeitura de Bodó


Am-U0vlRHWyVX6PEXCxQoO77Bx1Z6SI0Pfw5DnldF7mP

O Partido da República vai disputar a prefeitura de Bodó, município da região do Seridó. O nome escolhido é o de Tereza Neuman de Assunção, matriarca de uma tradicional família, militante na política da cidade.

A escolha foi aprovada pelo presidente estadual do PR, ex-deputado João Maia, durante reunião na tarde desta sexta-feira (08) em Natal, com Tereza, seu filho Vilânio Assunção, Layne Assunção e o vereador Adriano.

Promotor vai apurar possível prática de nepotismo no âmbito da Câmara Municipal de Bodó


Jose Airton Bodo

O Ministério Público Estadual através do Promotor de Justiça substituto, Carlos  Henrique  Harper  Cox instaurou inquérito civil para melhor investigar e poder tomar as providências cabíveis e adequadas, a possível prática de nepotismo no âmbito da Câmara Municipal de Bodó.

Segundo a Portaria Nº 50/2015 o foco é atribuído ao presidente da Câmara Municipal de Bodó, vereador José Airton Assunção. Aliás, o Ministério Público já mandou notificar o presidente da Câmara Municipal de Bodó, para comparecer à audiência na Promotoria de Justiça, em data livre e desimpedida. Foto: Divulgação.

Corte de Contas nega pedido de reconsideração a ex-prefeito de Bodó, Avamar Alves


Avamar Alves

O ex-prefeito de Bodó, Avamar Alves (DEM) protocolou pedido de reconsideração no Tribunal de Contas do Estado (TCE), devido a uma apuração de responsabilidade. O conselheiro Gilberto Jales foi quem deu despacho.

“Analisando a matéria discutida no referido recurso, verifico que o recorrente não indicou nenhuma decisão divergente, assim, não preenchendo requisito essencial para a interposição da aludida peça recursal. Oportunamente, verifico que nem mesmo caberia o recurso de Pedido de Reconsideração, uma vez que o recorrente já fez uso do devido instrumento recursal em momento anterior, inclusive já foi apreciado por esta Corte. Assim, o novo recurso não pode ser conhecido, conforme dispõe art. 361, do Regimento Interno deste Tribunal. Em razão do exposto, indefiro liminarmente o presente recurso”, assinalou.

Henrique vence em Bodó


Henrique – 970
Robinson – 967

Liminar para retorno do prefeito de Bodó saiu mais rápido que notificação para afasta-lo do cargo


Tinha_bodo

Em Bodó, os comentários são da volta do prefeito Francisco Santos, o Tinhá e do vice-prefeito Nilsinho Assunção, ambos do DEM. Eles conseguiram uma liminar para retornarem a seus cargos, no pequeno município seridoense. A decisão foi do juiz Verlano Queiroz, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Lá dizem que a volta de Tinhá foi mais rápida que o seu afastamento. Tinhá foi cassado pela 28ª Zona Eleitoral na segunda-feira (24), mas a posse do presidente da Câmara, José Airton (PROS) só foi acontecer na noite desta quarta-feira (26). É que não tinha oficial de Justiça… Mas, a liminar foi concedida a Tinhá menos de 24h de seu afastamento…

Prefeito cassado de Bodó aguarda liminar do TRE


O juiz Verlano Queiroz será o relator do pedido de liminar ingressado pelo prefeito cassado de Bodó, Francisco Santos, o Tinhá e pelo vice Nilsinho Assunção, ambos do DEM.

Nesta quinta-feira (27) tem sessão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Não se sabe se o relator vai apresentar seu voto monocraticamente, ou se vai colocar a apreciação do plenário da Corte Eleitoral.

Prefeito interino já empossado em Bodó


Desde à noite desta quarta-feira (26), como informou o Blog do Marcos Dantas, o prefeito interino de Bodó, José Airton (PROS) foi empossado. O clima na cidade é de muita ansiedade. Todos aguardam e fazem planos, caso o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) mantenha a decisão da 28ª Zona Eleitoral, e realize uma eleição suplementar.

A vereadora Iraci Juvino (DEM), vice-presidente da Câmara Municipal, assumiu também a presidência da Casa. Populares foram observar os procedimentos da posse ontem. Muitas indagações para os próximos passos de José Airton, caso o prefeito cassado Francisco Santos, o Tinhá (DEM) não consiga a liminar e o pior… Perca o mandato no TRE. As fotos foram enviadas do celular de Tony Júnior.

bodo_posse1

bodo_posse2

Posse em Bodó acontecerá à noite


O Blog do Marcos Dantas conversou agora há pouco com o presidente da Câmara Municipal e futuro prefeito interino de Bodó, vereador José Airton (PROS).

Ele confirmou que vai conversar com a assessoria jurídica da Câmara Municipal e deve convocar os vereadores nas próximas horas. A tendência é que a posse do novo prefeito de Bodó acontece às 19h, desta quarta-feira (26).  José Airton é vereador pelo quarto mandato.

Presidente da Câmara de Bodó já notificado da sentença que cassou o prefeito e o vice


DSC02748

Como a 28ª Zona Eleitoral está sem oficial de Justiça, o presidente da Câmara Municipal de Bodó, vereador José Airton (PROS) foi a Santana do Matos. Nesta manhã, ele assinou a notificação da sentença da juíza Niedja Fernandes dos Anjos e Silva, que cassou o prefeito Francisco Santos, o Tinhá e o vice Nilsinho Assunção, ambos do DEM.

De acordo com a decisão da primeira instancia, o próprio presidente da Câmara de Bodó deve assumir interinamente a prefeitura do pequeno município, que tem pouco mais de 2 mil habitantes. A posse do prefeito interino deve ser marcada para as próximas horas.

28ª Zona está sem oficial de Justiça, mas vão providenciar um para cumprir a sentença em Bodó


O presidente da Câmara Municipal de Bodó, José Airton (PROS) cumpriu seu expediente normal, que se encerra às 13h. Mas, nenhum oficial de Justiça da 28ª Zona Eleitoral, chegou para notifica-lo. A juíza Niedja Fernandes dos Anjos e Silva cassou o prefeito Francisco Santos, o Tinhá e o vice Nilsinho Assunção, ambos do DEM.

Na sentença, ela mandou empossar imediatamente o presidente da Câmara, ou até a vice. Em contato com à Chefe do Cartório Eleitoral, Heloísa Helena Pinheiro de Souza, ela explicou o motivo. “Estamos sem oficial de Justiça, mas já sendo providenciando um para cumprir à decisão. Bodó fica um pouco distante, mas não vai demorar para ser cumprida a sentença”, informou ao Blog do Marcos Dantas. A 28ª Zona Eleitoral fica em Santana do Matos e o menor percurso a Bodó é de 33 km.

Presidente da Câmara Municipal de Bodó aguarda ser notificado para cumprir sentença


O Blog do Marcos Dantas conversou agora há pouco com o presidente da Câmara Municipal de Bodó, vereador José Airton (PROS). Ele disse que ainda não foi notificado da sentença da juíza da 28ª Zona Eleitoral, Niedja Fernandes dos Anjos e Silva.

A juíza cassou o prefeito Francisco Santos, o Tinhá e o vice Nilsinho Assunção, ambos do DEM. “Ainda não fui notificado. Mas, assim que for vamos cumprir a sentença. Estarei aguardando aqui na Câmara Municipal, onde estou cumprindo o expediente normalmente”, disse José Airton.

Além de perderem os mandatos em Bodó, juíza deixa Tinhá e Nilsinho inelegíveis por oito anos


DSCN4761

A juíza da 28ª Zona Eleitoral, Niedja Fernandes dos Anjos e Silva além de cassar os mandatos do prefeito Francisco Santos, o Tinhá e do vice-prefeito José Enilson Assunção, o Nilsinho, ambos do DEM em Bodó…

Também aplicou a sanção de inelegibilidade para as eleições que se realizarem nos próximos oito anos, contados da eleição 2012, nos termos do art. 22, XIV, LC nº 64-90. A juíza reconheceu a nulidade dos votos de Tinhá e Nilsinho, que tiveram 1.324 (52,88% dos votos válidos). O empresário Marcelo Porto Filho (PMDB) perdeu por 144 votos, conseguindo ainda 47,12%.