Caminho da cassação de Dilma e Temer no TSE volta a ser apontada como a rota mais segura


Ainda segundo O Globo, é por isso que o caminho da cassação da chapa Dilma-Temer no TSE, que parecia não mais assustar tanto o presidente, então  vice do PT, volta a ser apontada como a rota mais segura. Desde 2015, com Dilma ainda no poder, o TSE sempre foi apontado como um “escape” institucional, uma porta de saída quando a crise se mostrasse incontornável.

O momento da corte começar a desempenhar esse papel pode chegar no próximo dia 6 de Junho, quando está marcado o início do julgamento da chapa. Já não há dúvidas de que foram cometidos diversos crimes eleitorais pela campanha da presidente Dilma e Temer. Por isso, o atual presidente trabalhava intensamente pela inventiva separação da chapa, que, contrariando toda a jurisprudência da corte, visava manter o vice no cargo mesmo reconhecendo que sua chapa só chegou ao poder após cometer crimes eleitorais.