Batata processou mais de 40 pessoas, alegando calúnia e difamação nas redes sociais durante a última campanha


Além da professora Thalia Agnys, mais de 40 pessoas foram processadas pelo prefeito de Caicó, Robson Araújo (Batata). Ele alega em todos os processos ter sido caluniado e difamado nas redes sociais, durante o período eleitoral de 2016. Nenhum destes processos, de acordo com Batata tem a ver com críticas à gestão.

  • “Esse é o meio que tenho pra mostrar que quem ataca a honra e a dignidade de uma pessoal tem que responder. Redes sociais têm seus limites. Quero saber se fosse ao contrário, eu denegrindo a professora e dizendo todo tipo de baixaria com ela, será que ela tem não entrava com um processo”, disse o prefeito ao Blog do Marcos Dantas.